domingo, 25 de maio de 2014

Bianco mas um esportivo com mecânica VW Ar

Tudo começa em 1976 no Salão do Automóvel de São Paulo. Era apresentado mais um esportivo fora de série utilizando a consagrada base Volkswagen (plataforma e conjunto motriz) aliada a uma carroceria de fibra de vidro e plástico. Este era o Bianco, projetado por Toni Bianco, famoso projetista paulista, de origem italiana, de carros de competição da década de 1960.
 

Logo de inicio já fez sucesso no salão devido ao seu atraente desenho, garantindo 180 modelos vendidos no estande da marca nos primeiros dias de salão! Como todo esportivo este seguiu a cartilha ao pé da letra: apenas 2 lugares, linhas curvas e bem aerodinâmicas, além de muito modernas para a época, o que garantia olhares e elogios por onde passava, como já dito lá no começo.


 
Devido ao seu desenho aerodinâmico o parabrisas, bem grande, garantia uma ótima visibilidade para frente e para os lados. O painel segue o padrão esportivos, com instrumentação completa, além de detalhes com aro do volante e pomo da alavanca e câmbio em madeira, interior em couro e acionamento elétrico dos vidros. Sua produção era de aproximadamente 20 carros/dia, e seus concorrentes diretos era o Puma e o Adamo, que também usavam a mesma base Volkswagen, sendo assim tendo um desempenho similar aos seus concorrentes, mas um tanto acanhado para um esportivo “de presença”: Módicos 155 Km/h de velocidade máxima e aceleração de 0-100 Km/h em “lentos’ 15 segundos



 
Em todos os modelos eram disponíveis freios a disco na dianteira, rodas largas 185/70 R13 com tala de 8' polegadas,o que garantia uma boa estabilidade mesmo usando uma suspensão bem “boqueta”. No fim das contas o carro era interessante de se guiar .
Se no assunto mecânica já deixava a desejar, no quesito acabamento e desenho davam um salto de qualidade, agradando aos mais exigentes: era o mais equipado com boa visualização,baixo nível de ruído, boa dirigibilidade e com acabamento primoroso.

 
Motor
Traseiro; 4 cilindros horizontais opostos; “Boxer” refrigeração a ar; comando central, 2 válvulas por cilindro, dois carburadores de corpo simples.
Diâmetro e curso:
85,5 x 69 mm.
Cilindrada:
1.584 cm3
Taxa de compressão:
7,2:1.
Potência máxima:
65 HP @ 4.600 RPM.
Torque máximo:
11,7 m.kgf a 3.200 rpm
Cambio
Manual 4 marchas, tração traseira
Freios:
Dianteira: Disco sólido
Traseira: Tambor
Rodas:
8 x 13 pol.
Pneus:
185/70 R 13 S.
Dimensões:
Comprimento,:3,8 m
Largura: 1,66 m
Altura: 1,16 m
Entre-eixos: 2,4 m
Peso:, 825 kg
Desempenho:
Velocidade Máxima: 150 km/h     0 a 100 km/h: 15 s
 
 
Fonte:  Best Cars Web Site
 
 
 

domingo, 18 de maio de 2014

Encontro de Carros Antigos Shop Limeira

Encontro realizado no dia 18/05/2014 no Shop Limeira organizado pelo pessoal do Clube do Carro Antigo de Limeira.










Voltando pra casa com os amigos do Vira Latas Air Cooled





 
 
 

domingo, 11 de maio de 2014

Fusca Pé de Boi


Em tempos em que asfalto no Brasil era novidade para a maioria da população, o fusca se destacou pela sua robustez e confiabilidade para enfrentar as estradas de chão esburacadas de nosso país. Em 1965 a VW lançou o Fusca apelidado de pé de Boi. Apelido dado pelo fato deste modelo ser desprovido de qualquer luxo ou acabamento. A intenção da VW era de oferecer um veiculo simples e barato, mas que resistisse a realidade das estradas na época. 
 
 Propaganda veiculada pela VW de seu Pé de Boi!


 

Fusca  Pé de boi 65/66
Não possuía o friso no estribo
Não tinha forração de chão.. era tudo pintado na cor do carro
A ponteira de escapamento era no lado do passageiro porém possuía as duas curvaturas
O  teto só tinha forração no centro (tecido furadinho) e o resto na cor do carro
Não existia o quebra sol e o espelho era o mesmo dos outros modelos.
A lanterna traseira era monocromática (toda vermelha)
Não possuía pisca dianteiro

 
Não tinha a torneirinha de ar quente no túnel
Não tinha regulagem do encosto dos bancos
Possui a torneirinha (reserva do tanque) como nos modelos mais antigos
As peças que eram cromadas nos sedans de luxo, neste eram pintadas de branco, menos as maçanetas que eram pintadas de cinza (capos e portas)
 
 
Possuía uma única ponteira de escapamento nos 66 2º 1200cc geração a saia possuía as duas saídas
 


 

E no 67
Galão do paralamas preto
Possuía as duas ponteiras do escapamento 1300cc
A lanterna traseira era bi-color (amarela e vermelha)
Possuía pisca dianteiro sorriso curto, não era cromada e sim pintada de branco
 
 

Marchas / Velocidade real
1ª / 27 Km/h
2ª / 55 Km/h
3ª / 87 Km/h
4ª / 110 Km/h

Teste de consumo
20 Km/h / 7,2
40 Km /h / 10,2
60 Km/h / 11,8
80 Km/h / 13,7
100 Km/h / 12,3

Consume médio na estrada 22,5 litros
Consumo médio da cidade 7,5 litros
 
 

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Fusca com motor de Porsche original



Este modelo do fusca acredito que poucos conhecem. Trata-se de um Beetle 1303 com motor de Porsche Carrera 911 original de fabrica. Em meados da década de 70 a VW em parceria com a Porsche fabricou somente 25 unidades deste raríssimo modelo. O mais interessante é que o motor é central, assim como no Porsche e no lugar convencional do motor foi criado um pequeno porta malas.


Veja este vídeo que mosta um exemplar de um proprietario alemão que exibe com muito orgulho o potente Fusca.


Equipado com o poderoso motor seis-cilindros 210PS do Porsche Carrera. Ele vem do Porsche Carrera, tem uma cilindrada de 2,7 litros de fornecimentos a partir de peças de prata individual com impressionantes 210 cavalos.
O brinquedinho vai de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos e sua velocidade final é só de 213,1 km/h.




quinta-feira, 1 de maio de 2014

Tabela de Gicleurs - Carburador Solex VW Ar

FUSCA
 
MODELO
ANO
TIPO DO CARBURADOR
CÓDIGO DE VENDA
GICLEUR PRINCIPAL
 
GICLEUR DO AR
 
MARCHA LENTA
TUBO INJETOR
Fusca 1300
1968 à 09/1974
H - 30 PIC
112.048 12V
125
125 Z
55
70
Fusca 1300
10/1974 à 12/1976
H - 30 PIC
112.062
122,5
135 Z
52,5
40
Fusca 1300
01/1977 à 12/1983
H - 30 PICS
112.078
117,5
120
47,5
45
Fusca 1300 Série Limitada
Após 03/1983
H - 30 PIC - 2
Não especificado
127,5
110
50
50
Fusca 1300 Álcool
09/1979 à 12/1983
H - 32 PDSIT -2\3
114.554 –esq 114.555 – dir.
137,5
130
57,5
60
Fuscão 1500
04/1969 à 10/1972
H - 30 PIC
112.053
120
135 Z
60
70
Fuscão 1500
11/1972 à 04/1975
H - 30 PIC
112.056
122,5
125 Z
60
60
Super Fuscão 1600
09/1974 à 04/1975
H - 32 PDSIT - 2/3
114.324 –esq 114.325 – dir.
147,5
100
52,5
40
Fuscão 1600
05/1975 à 09/1978
H - 32 PDSIT - 2/3
114.510 –esq 114.511 – dir.
155
110
52,5
40
Fuscão 1600
09/1978 à 12/1983
H - 32 PDSIT - 2/3
114.516 –esq 114.517 – dir.
155
115
52,5
40
Fuscão 1600
Após 01/1984
H - 31 PICT
117.506
132,5
120
57,5
60
Fuscão 1600 Álcool
Após 01/1984
H - 32 PDSIT
114.546/47 114.552/53
157,5
115
60
70
BRASÍLIA
 
MODELO
ANO
TIPO DO CARBURADOR
CÓDIGO DE VENDA
GICLEUR PRINCIPAL
 
GICLEUR DO AR
 
MARCHA LENTA
 
   TUBO INJETOR
Brasília
09/1972 à 09/1975
H - 30 PIC
112.046
120
135 Z
70
50
 
Brasília 1600
1973 à 09/1975
H - 30 PIC
112.058
122.5
135 Z
60
60
 
Brasília 1600
10/1975 à 1982
H - 30 PIC
112.076
125
90
60
50
 
Brasília 1600
10/1978 à 1982
H - 30 PIC
112.088
125
90
60
50
 
Brasília 1600
05/1975 à 09/1978
H - 32 PDSIT - 2/3
114.510 -esq 114.511 - dir.
155
110
52,5
40
 
Brasília 1600
Após 09/1978
H - 32 PDSIT - 2/3
114.516 -esq 114.517 - dir.
155
115
52,5
40
 
Brasília 1300 Álcool
09/1979 à 12/1983
H - 32 PDSIT - 2/3
114.554 -esq 114.555 - dir.
137,5
130
57,5
60
 
 
KOMBI
MODELO
ANO
TIPO DO CARBURADOR
CÓDIGO DE VENDA
GICLEUR PRINCIPAL
GICLEUR DO AR
MARCHA LENTA
TUBO INJETOR
Kombi 1500
1968 à 12/1972
H - 30 PIC
112.050 12V
120
145 Z
60
70
Kombi 1500
01/1973 à 10/1975
H - 30 PIC
112.057
122,5
130 Z
60
60
Kombi
09/1972 à 09/1975
H - 30 PIC
112.046
120
135 Z
70
50
Kombi 1600
08/1978 à 12/1983
H - 32 PDSIT - 2/3
114.516 -esq 114.517 - dir.
155
115
52,5
40
Kombi 1600
Após 01/1984
H - 32 PDSIT - 2/3
114.5(44/45) (62/63) (68/69)
115
130
50
40
Kombi 1600 Álcool
Após 01/1982
H - 32 PDSIT
114.5(50/51) (58/59) (64/65)
157,5
125
62,5
70
 
VARIANT / TC / TL / SP-2 / KARMMAN GUIA
MODELO
ANO
TIPO DO CARBURADOR
CÓDIGO DE VENDA
GICLEUR PRINCIPAL
 
GICLEUR DO AR
 
MARCHA LENTA
 
TUBO INJETOR
Variant / TC / TL 1600
1969 à 04/1972
H - 32 PDSIT - 2/3
114.500 –esq 114.501 –dir.
130 – esquerdo 127,5 – direito
155 - esquerdo 120 - direito
50
50
Variant / TC / TL 1600
04/1972 à 02/1973
H - 32 PDSIT - 2/3
114.502 –esq 114.503 - dir.
145
100
52,5
40
Variant / TC / TL 1600
03/1973 à 12/1977
H - 32 PDSIT - 2/3
114.504 –esq 114.505 - dir.
150
100
52,5
40
Variant II 1600
12/1977 à 12/1980
H - 32 PDSIT - 2/3
114.514 –esq 114.515 - dir.
147,5
100
52,5
40
Karmman Ghia 1500
1968 à 06/1970
H - 30 PIC
112.050 12V
120
145 Z
60
70
SP-2 1700
09/1972 à 12/1975
H - 34 PDSIT - 2/3
114.508 –esq 114.509 - dir.
152,5
110
47,5
40