terça-feira, 8 de julho de 2014

Fusca e as Copas 70 e 74

Copa 70 Mexico
Em São Paulo, o então Prefeito Paulo Maluf, também querendo tirar proveito da popularidade da seleção, resolveu no dia 20 de julho, presentear com 25 Fusca, zero quilômetro e pintados na cor verde, os 22 jogadores, o técnico Mario Lobo Zagalo, o preparador físico Admildo Chirol e o massagista Mario Américo. Coqueluche da indústria nacional da época, esses Fuscas custaram CR$ 315.000,00 aos cofres públicos ou cerca 600 mil reais em valores atuais.
 





Esse fato rendeu a Maluf um longo processo judicial, sob acusação de ter lesado o erário. Condenado a devolver o dinheiro em 1974, Maluf recorreu, mas foi condenado em 1981 pelo STF, que considerou que a doação não atendia ao requisito do interesse social para poder ser bancada pelos cofres públicos. O então governador depositou o dinheiro em juízo, mas recorreu novamente ao STF em 1983. Em 1995, o Supremo acolheu ação rescisória do prefeito solicitando o reconhecimento da constitucionalidade da lei que autorizou a doação, anulando assim a condenação.

Copa 74 Alemanha Ocidental
Em 1974 a Alemanha foi bicampeã da Copa do mundo de futebol. Em comemoração a este título, Volkswagen lançou série comemorativa da copa do mundo de 1974. O modelo lançado foi o Beetle 1303 Cabriolet fabricado pela Karman, empresa que desde 1948 até 1979 fez os conversíveis do fusca na Alemanha. Esta série foi feita especialmente para os membros da seleção alemã, campeã da copa de 1974.



Em breve uma postagem sobre o modelo dado a seleção Alemã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário